Ford, Audi, Ducati e Qualcomm buscam conectar veículos e pedestres

Imagine uma pessoa que repentinamente caminha para o meio da rua, fora do alcance da sua visão, e o carro que você está dirigindo para porque foi alertado pelo smartphone daquela pessoa. A necessidade de conectar os veículos com outros equipamentos torna cada vez mais inevitável a aproximação das indústrias automobilística e de tecnologia.

No dia 07 de janeiro, véspera da abertura da “Consumer Electronics Show”, a CES, a maior feira de tecnologia do mundo, Ford, Audi, Ducati e Qualcomm anunciaram uma parceria para o desenvolvimento do chamado C-V2X, uma tecnologia de comunicação voltada à segurança, trânsito e direção autônoma.

Durante a feira, que foi aberta no dia 08 de janeiro em Las Vegas, Ford e Audi farão demonstrações práticas da tecnologia em seus automóveis e a Ducati em suas motocicletas.

Ao comentar o acordo, Marcy Klevorn, responsável pela área de mobilidade da Ford, destacou a importância da união de empresas para tornar possível a necessidade futura de os veículos comunicarem-se não apenas entre si, mas também com os pedestres e com a infraestrutura das cidades.

Num artigo publicado no site da companhia, o diretor da área de veículos conectados da Ford, Don Butler, disse que “falar com e ouvir os veículos podem fazer as ruas mais seguras”.

No texto, o executivo lembrou que, em 1868, o engenheiro inglês John Peake Knight inventou o semáforo voltado a ajudar as pessoas a se movimentar em Londres, onde, na época o “congestionamento” de carruagens começava a tornar a cidade perigosa. A tecnologia mudou, mas o conceito permanece o mesmo 150 anos depois.
 

Fonte: Valor Econômico

Tendência Estapar
O principal objetivo do aplicativo da Estapar, o Vaga Inteligente, é conectar as pessoas e/ou os veículos à infraestrutura de estacionamentos e mobilidade urbana. Com a plataforma é possível localizar ser carro, ser guiado, reservar vaga, pagar tíquete e consumir qualquer serviço de estacionamento em um só dispositivo. É a Estapar pensando sempre em conectar pessoas e veículos.