Frota oficial das Olimpíadas terá 90% de elétricos

Adiada para julho de 2021 devido à pandemia, as Olimpíadas de Tóquio pretendem ser os jogos com o mais baixo nível de emissões de carbono da história. Isso porque os carros elétricos serão a grande aposta da patrocinadora oficial de produtos de mobilidade, a Toyota.

A montadora vai fornecer cerca de 3.700 veículos para o evento e, deste total, 90% será eletrificado. Os modelos incluem híbridos elétricos (HEV), elétricos a células de combustível (FCEV – como o Mirai, movido a hidrogênio) e híbridos elétricos plug-in (PHEV).

Alguns cálculos preliminares sugerem que a média de CO2 emitida pela frota que estará comercialmente disponível para os Jogos de Tóquio será reduzida pela metade. A comparação leva em conta uma frota de tamanho similar de modelos convencionais a gasolina e diesel.

Os veículos assumirão diferentes funções. Alguns servirão para transportar o público dentro de um mesmo complexo esportivo. Outros para maiores distâncias. E haverá ainda aqueles destinados apenas para o deslocamento de atletas e funcionários dentro das Vilas Olímpicas e Paralímpicas.

A Estapar comemora a iniciativa da Toyota e dos organizadores dos Jogos e acredita que será um belo exemplo de sustentabilidade para todas as nações envolvidas no maior evento de esporte mundial.