O futuro da mobilidade urbana

Quantas vezes você se atrasou para um compromisso porque choveu e a cidade parou? Ou até mesmo passou horas no transporte público para chegar ao seu destino?

De acordo com uma pesquisa feita pela UNB (Universidade de Brasília) em parceria com a UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) e a UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), o paulistano gasta cerca de 1 hora e 47 minutos para chegar ao trabalho. 

A mobilidade urbana está sempre em pauta, do café da manhã ao jantar. E você já parou para pensar em como será o futuro da mobilidade? Já vivemos o início da era multimodal com os patinetes, carros e bicicletas compartilhadas, mas ainda falta muito a ser feito para termos um sistema eficiente.

E mesmo com essas novas opções de meio de transporte, o carro segue como protagonista nas ruas das metrópoles. E é por isso que a indústria automobilística precisa investir mais em tecnologia, desde soluções mais fáceis para compra e venda de veículos até a fabricação de carros autônomos. Afinal, facilitar o deslocamento da população é essencial para o futuro da mobilidade urbana.

 

Fonte: http://bit.ly/36XlbZZ