Histórias que nos inspiram - Wagner Souza

Ele começou na Estapar em 2009 como operador de estacionamento. Com proatividade e muita dedicação, o Wagner Souza é hoje Gerente de Operações. A história do Wagninho, como é conhecido, nos enche de orgulho e é uma inspiração para todos nós.

No começo de sua trajetória, não demorou para se destacar e mostrar que podia fazer muito pela sua carreira. Com mais experiência, Wagninho assumiu a tarefa de automatizar o estacionamento do Hospital Santa Casa. Em nove meses foi convidado para ser supervisor em outra unidade da Companhia, aumentando ainda mais seu compromisso e comprometimento com sua carreira e com as atividades que desempenhava na empresa.

Foi nessa época que ele percebeu que precisava investir na sua formação e começou graduação em Administração de Empresas. ‘Educação e autoconhecimento são essenciais para uma carreira de sucesso’, conta. Em poucos meses como supervisor mostrou grandes resultados, garantindo depois o cargo de supervisor de área. Próximo de completar sua graduação, em 2015, Wagner já acumulava cinco promoções em seis anos de Estapar. Foi quando assumiu a Coordenadoria de Operações. Em paralelo, buscou especialização com um MBA em Gestão Empresarial e em Gestão Estratégica em negócios de serviços.


Após três anos no cargo, a oportunidade como Gerente finalmente chegou. Mas, segundo ele, nada disso seria possível se não soubesse unir sua vida profissional com a pessoal. Apesar de estar sempre ligado no seu trabalho, Wagner aproveita seu tempo livre para ficar com a família, praticar esportes e ler livros. ‘É minha válvula de escape’, diz.

Durante toda sua carreira, Wagner mostrou que determinação, empenho e conhecimento pode te levar a qualquer lugar. ‘Carrego comigo duas frases - a primeira é faça o que tem que ser feito, não apenas o que te pedem. E a outra é da Ivone Boechat, que diz: Sonhar o impossível é fazer milagre, basta acordar, ultrapassar o limite, vencer barreiras e chegar. O sonho é ventre do milagre, a vitória é filha da vida, vida é milagre, basta acreditar’.

Obrigado, Wagner, por compartilhar essa história inspiradora!