Produção de veículos no Brasil deve crescer 9,4% em 2022

Boa notícia! A Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos) divulgou o balanço anual do mercado e fez projeções otimistas para 2022. A entidade acredita que sejam fabricados 2,46 milhões de veículos neste ano, o que vai representar um crescimento de 9,4% em relação ao mesmo período anterior. 

Segundo o relatório, em 2021 a produção brasileira já havia melhorada em comparação ao crítico ano de 2020. 'Mas ainda longe do potencial de demanda interna e externa por veículos', aponta. Dezembro foi o melhor mês, com mais de 210 mil unidades produzidas. Com isso, o ano fechou com 2,24 milhões, alta de 11,6%.

Esse crescimento fez com que o Brasil retomasse a oitava posição no ranking global de produtores, perdida no ano anterior para a Espanha.

Em relação às vendas, o último mês do ano foi o de maior volume, com 207,1 mil unidades. Mesmo assim, foi o pior dezembro em cinco anos, apenas 3% acima de 2020, o que manteve o Brasil na sétima colocação do ranking global. Para este ano, a Anfavea projeta vendas de 2,3 milhões de autoveículos, alta de 8,5%.

Ainda segundo o balanço da entidade, a rápida recuperação após o pico da pandemia em mercados como Chile, Colômbia, Peru e Uruguai ajudou a impulsionar as exportações de veículos brasileiros. Houve um crescimento de 16% sobre o ano anterior.

Pela primeira vez, a Argentina representou menos da metade das exportações nacionais (34% do total).

Em valores, as exportações tiveram alta ainda maior, de 37,8%, por conta do envio mais representativo de veículos com maior valor agregado, como caminhões e SUVs. Para 2022, a expectativa é de crescimento de 3,6%.

Para atender esse mercado crescente, o Zul+, principal Autotech da América Latina, oferece vários serviços, como a consulta e pagamento do IPVA de uma nova maneira. Clique aqui e saiba mais.