Estapar anuncia forte retomada e crescimento de 36% na receita líquida no último trimestre de 2020

A Estapar registrou receita líquida de R$184,6 milhões no quarto trimestre de 2020, um aumento de 36% em relação trimestre anterior. Neste período, a companhia também alcançou um lucro bruto caixa de R$ 40,5 milhões, um acréscimo de 121% em relação ao acumulado dos meses de julho, agosto e setembro. Os resultados refletem a retomada da receita, que apesar do crescimento no último trimestre, ainda tem potencial para alcançar os níveis pré-pandemia.

Para o CFO e Diretor de RI da Estapar, Emilio Sanches, apesar de desafiador, o último ano comprovou a capacidade de execução da empresa, aumentando a produtividade para continuar crescendo. “A crise da Covid-19 trouxe obstáculos, mas também oportunidades de aprimorar nosso robusto pipeline e ofertar soluções que se adequem as necessidades de mobilidade do cliente neste momento crítico”, pontua.

A companhia apresentou também uma redução significativa nas despesas operacionais nos três últimos meses de 2020 em relação ao ano anterior. Com a aplicação de adequações na estrutura de custos, foram registradas reduções de 31,4% nos valores dos serviços prestados e de 19,3% nas despesas gerais e administrativas.

Após investir R$900 milhões nos últimos quatro anos em negócios de longo prazo, a Companhia está segura de que os projetos irão trazer a rentabilidade com a retomada da economia.


O principal destaque na operação da Estapar em 2020 foi a concessão da Nova Zona Azul de São Paulo. Desde novembro de 2020, a empresa assumiu a gestão das 51.606 vagas de estacionamento rotativo da capital paulista. Com tecnologia e experiência, a empresa estabeleceu um compromisso com a gestão da mobilidade urbana de São Paulo, baseado na democratização do uso do espaço público a partir da rotatividade das vagas de estacionamento em vias públicas.

De acordo com Fernando Zillo, diretor executivo de Zona Azul da Estapar, a proposta é oferecer uma melhor experiência aos cidadãos e melhorias no uso do serviço com a tecnologia. “Adotamos ferramentas e tecnologia para que a população encontre com agilidade um espaço para estacionar, reduzindo não somente o tráfego, uma vez que as pessoas circulam menos na procura por vagas, mas também a poluição, aumentando a rotatividade, o que beneficia comércios, pontos turísticos e a própria sociedade”, avalia.

Em 2020, a Estapar reforçou seu compromisso com a mobilidade urbana e com o meio ambiente ao anunciar a instalação das Ecovagas, em parceria com a Enel X, empresa de soluções energéticas da Enel Brasil e a montadora de veículos premium, Volvo Cars. Ao todo são 250 estações de recarga em cerca de 100 pontos de estacionamentos da Estapar em 10 estados nas regiões Sul, Sudeste, Nordeste e Distrito Federal.

“A parceria com a EnelX para criação das ecovagas está alinhada com as estratégias da companhia em auxiliar na diminuição e redução de emissões de poluentes. A mobilidade elétrica é uma realidade no Brasil e queremos oferecer aos motoristas uma estrutura adequada e maiores possibilidades para o uso e recarga desses veículos em espaços com o que há de mais moderno e tecnológico dentro do setor”, conclui André Iasi, CEO da Estapar.