GM quer desbancar Tesla no mercado de elétricos

 

Os próximos anos prometem ser palco de uma verdadeira briga de gigantes no crescente mercado de veículos elétricos. A tradicionalíssima fabricante norte-americana General Motors quer desbancar a Tesla, do empresário Elon Musk, do topo das vendas nos Estados Unidos até 2025. A informação foi confirmada pela CEO da GM, Mary Barra, em entrevista à Associated Press.  

 

Mas a meta é bastante ousada. Entre os dez carros movidos a energia elétrica mais comercializados no mercado estadunidense no primeiro semestre deste ano, não há nenhum modelo da General Motors. Em compensação, quatro do top 10 são fabricados pela empresa de Musk, incluindo os três primeiros da lista, o Tesla Model Y, o Tesla Model 3 e o Tesla Model S. 

 

Em números absolutos, a diferença é ainda mais gritante. Em 2021, a GM vendeu pouco mais de 25 mil veículos elétricos em solo norte-americano. Um número bem inferior aos mais de 325 mil carros comercializados pela Tesla no mesmo período. Somente no primeiro semestre deste ano, o modelo Tesla Model Y, primeiro do ranking, já bateu a marca de 52 mil unidades vendidas.

 

Sem dúvida, quem vai ganhar com toda essa concorrência é o consumidor, já que o embate entre as duas grandes montadoras deve causar uma queda geral nos preços. A GM, por exemplo, acredita que o valor final dos seus modelos elétricos possa ficar na casa dos US$ 30 mil, aumentando assim as vendas. A empresa, inclusive, já cortou o preço do modelo Chevrolet Bolt para US$ 26 mil.

 

Mary Barra também anunciou que a montadora planeja oferecer em sua linha cerca de 30 modelos elétricos até 2025, com preços cada vez mais acessíveis. Uma aposta da fabricante são os investimentos em novas tecnologias, principalmente em componentes como células de baterias, baixando assim os custos de produção.   

 

Por aqui ficamos na expectativa de que a eletromobilidade cresça cada vez mais em todo o mundo. Desde 2020, junto com a Enel X, entramos nesse mercado com a Ecovagas (clique aqui e saiba mais), primeira rede de carregamentos de veículos elétricos semipública integrada e conectada do Brasil. Por um futuro sustentável da mobilidade urbana!